Tutorial: partes de uma guitarra elétrica

O objetivo deste texto é dar uma compreensão sobre as partes que compõem uma guitarra elétrica e seu funcionamento. Em posts futuros, vamos detalhar cada uma dessas partes. Por ora é mais importante compreender a função de cada componente e suas características básicas.

Existem muitos modelos diferentes de guitarras mas a imensa maioria se compõe das seguintes partes:
  • Madeiramento
  • Ferragens
  • Parte elétrica
  • Plásticos
  • Pestana 
  • Trastes
  • Cordas
Vamos analisar cada uma dessas partes:

1) Madeiramento: o corpo do instrumento e o braço são feitos de madeira. Existem pouquíssimos modelos de guitarra que utilizam materiais alternativos para o braço e corpo mas 99% das guitarras que encontramos são feitas de madeira. O corpo do instrumento é feito geralmente de uma ou mais peças de madeira colada. Ao contrário do que muita gente pensa, um corpo feito com dois ou três pedaços de madeira colada não é sinal de baixa qualidade, mesmo guitarras,até Fender americanas são feitas assim. Pode ser utilizado mais de um tipo de madeira na confecção do corpo e também no braço, quando uma madeira diferente é usada para a escala. As madeiras utilizadas para os corpos e braços dependem de onde o instrumento foi feito, existem madeiras que só crescem no hemisfério sul e outras no norte. Tem ainda a questão de madeiras nobres que têm a sua comercialização restrita. As madeiras mais utilizadas são seguintes:

- Madeiras importadas:
  • Alder: muito usada para corpos, principalmente em modelos Telecasters e Stratocasters.
  • Basswood: também usada para corpos, é encontrada frequentemente em guitarras chinesas .baratas mas também em modelos top de fabricantes como Ibanez, principalmente Superstrats.
  • Ash: mesmo uso do Alder, mas a madeira tem uma figuração bem mais bonita.
  • Maple: usada principalmente para os braços (quase todos os modelos das Fender usam) e para o "top" (tampo) de guitarras como a Gibson Les Paul. Mas existem modelos com o corpo todo feito de maple.
  • Mahogany (Mogno): usada para o corpo e braço de vários modelos, madeira consagrada pela Gibson Les Paul. Existe também o excelente mogno brasileiro mas hoje, sua comercialização é muito restrita por questões ecológicas.
  • Nato: madeira semelhante ao mogno, muito usada em modelos Les Paul de menor custo.
  • Rosewood (Jacarandá): usada para a escala do braço, a grande maioria das guitarras com escala escura são de rosewood. Também existe no Brasil mas com comercialização restrita.

Alder

Ash
- Madeiras brasileiras:
  • Marupá: usada para corpos, tem a densidade semelhante a do Alder
  • Marfim: usada para braços em substituição ao Maple
  • Freijó: usada para corpos
  • Cedro: usada para corpos e braços, assim como o Mogno
Existem muitas outras madeiras utilizadas em Luthieria mas falaremos disso mais tarde, como também do timbre atribuído a cada uma delas. 

Vale a pena falar sobre o mito das guitarras "de compensado". De fato, até o final dos anos 90 os instrumentos mais ordinários costumavam ser feito de compensado, que não se presta para a construção de boas guitarras. Hoje, com a produção mundial de madeiras sendo direcionada para a China, é bem mais raro encontrar uma guitarra feito com o corpo de compensado. O problema é que iniciantes desmontam a guitarra confundem as marcas deixadas pelas ferramentas que escavam os corpos com "compensado" e saem falando bobagens nos foruns da internet. O compensado mesmo tem  aparência de um biscoito "waffle" com camadas claras e escura, veja:


A denominação em inglês para compensado é "plywood", se ver isso na descrição de uma guitarra não compre !

Outra denominação que causa confusão é "hardwood". Não é compensado, o fabricante garante que é madeira sólida mas não diz qual é, pois assim pode usar a que for mais em conta no momento. Em geral, apenas guitarras mais baratas usam esse tipo de madeiramento.

2) Ferragens: as peças de metal encontradas na maioria das guitarras são as seguintes:
  • Tarraxas (Tuners): sua função é regular a "pressão", e, consequentemente, a afinação das cordas. Existem dezenas de modelos, algumas oferecem "travas" (locking tuners) que permitem prender a ponta das cordas, melhorando a afinação mas são bem mais caras. Outros modelos são ditas "seladas", já que o mecanismo não fica exposto e são mais eficientes do que os modelos ditos "vintage".

Tarraxa selada

Tarraxa "Vintage"


  • Abaixadores (String Trees): são utilizados em modelos como as Stratocasters para compensar a falta de inclinação do "Headstock" nesses modelos. Esse componente é uma principais causas de desafinação, principalmente quando se usa a alavanca. Os melhores são os do tipo "roller", que têm uma rolda que diminui o atrito com a corda. 

Abaixador Roller
  • Ponte (Bridge): prende a extremidade das cordas no corpo. Pode ser fixa, como nos modelos Les Paul, Telecaster e SG ou do tipo "Tremolo", a popular "alavanca" das Stratocasters e Superstrats. Têm tantos detalhes a se falar sobre as pontes que poderíamos escreve um livro só sobre isso, ao longo dos posts vamos detalhar o assunto !
  • Neck Plate: é aquela plaquinha de metal parafusada na junção do braço e corpo, nos modelos de guitarras com braço parafusado.
  • Strap Lock: são aquelas roldanas que prendem as extremidades da correia que sustentao instrumento. Alguns modelos têm uma "trava" para impedir que a correia se solte acidentalmente e a guitarra caia no chão.
  • Parafusos. 
3) Parte elétrica: o "coração" da guitarra elétrica ! É onde o som gerado pela vibração das cordas é transformado em um sinal elétrico que será então levado para o amplificador. É composta das seguintes partes:
  • Captadores (Pickups): são os componentes mais importantes da guitarra. Assim como falei das pontes, é um assunto MUITO extenso mas, de uma maneira geral, o princípio de funcionamento é o mesmo e se baseia nas leis da física (eletromagnetismo). Um captador é basicamente um imã (magneto) circundado por um enrolamento (bobina) de milhares de voltas, feito com um fio muito fino. o imã gera um campo magnético em volta do captador. Quando um metal passa por esse campo, é gerado um sinal elétrico no enrolamento, pelas leis da indução eletromagnética. Então, como as cordas são feitas de metal, quando elas vibram dentro do campo magnético do captador, um sinal elétrico da mesma frequência é gerado no enrolamento. Existem diversos tipos de captadores, cada um indicado para um tipo específico de timbre desejado, o princípio é o mesmo, o que varia é a construção, o tipo de magneto utilizado e o tipo de fio e o número de voltas usadas no enrolamento. Por ora, precisamos saber apenas os dois tipo mais usado de construção de captadores: a) Single Coils - são os captadores usados em modelos como Stratocaster e Telecaster, tem uma única bobina e aquele som "estalado" característico. Infelizmente, esse tipo de captador capta além do som das cordas, frequências espúrias que existem a nossa volta, gerando ruídos e zumbidos. Para amenizar isso, às vezes é necessário fazer uma "blindagem" da guitara; b) Humbuckers: esse captador foi criado por Seth Lover, da Gibson. Ele possui duas bobinas e um conjunto de imãs arranjados engenhosamente de maneira a que o som das cordas sejam transformado em sinal elétrico mas o som das frequências espúrias é cancelado pelo arranjo de bobinas e imãs. Na verdade, esse captador são dois "singles coils" ligados em série. Consequentemente, esse captador é bem mais silencioso do que os "singles" e o seu som potente faz com que seja o preferido da turminha do metal.

Captador tipo "Single Coil"

Humbuckers
  • Chave Seletora (Switch): é uma chave elétrica que tem a função de selecionar qual captador será usado, ou então dois captadores que serão usados juntos. O tipo de chave depende do modelo de guitarra. Por exemplo, o modelo stratocaster com três captadores "single coils" usa uma "switch" de 5 posições, na posição "1" o captador próximo ao braço trabalha sozinho, na posição "2" o captador do braço trabalha junto com o do meio, na posição "3" o captador do meio trabalha só, na posição "4" o captador do meio trabalha junto com o da ponte e na posição "5" o captador da ponte trabalha só.

Switch
  • Potenciômetros (Pots): são componentes eletrônicos que ficam embaixo dos botões e se comportam de acordo com o posicionamento de seus eixos que estão presos aos botões da guitarra. Tecnicamente, são resistores variáveis. Na guitarra, são usados para controlar o volume do som e o controle de tonalidade (regulagem dos graves e agudos). Sua quantidade e disposição depende do modelo da guitara, por exemplo as Telecasters possuem dois, um para volume e outro para tonalidade, as Les Pauls possuem quatro, dois para cada captador. Com o uso, podem vir a apresentar ruídos, necessitando de limpeza com líquido próprio para isso.

Potenciômetro
  • Capacitor: componente eletrônico que usado em conjunto com o potenciômetro de tonalidade, "filtra" determinas frequências do som e determina a regulagem da tonalidade (graves e agudos).

Capacitor
  • Jack de saída: Onde é ligado o cabo da guitarra. Com o uso pode causar ruídos, necessitando então também de limpeza e manutenção. 
  • Fiação: fios elétricos que interligam os componentes.
3) Plasticos: de uma maneira geral, assim chamamos o conjunto formado pelo escudo, botões, tampas das cavidades e ponteira da chave seletora.

4) Pestana (Nut): A Nut é aquela pecinha que fica no início do braço e possui ranhuras por onde passam as cordas. Apesar de não parecer, é um componente extremamente importante para o som do instrumento, necessitando muitas vezes de um ajuste fino feito por um Luthier. Em instrumentos mais baratos é feita de plastico. Em instrumentos melhores, poder ser feita de osso, bronze ou de grafite. Existem ainda as chamadas "locking nuts", feitas de metal e com parafusos para imobilizar as cordas, em geral são usadas em conjunto com as pontes do tipo "Floyd Rose."


Pestana (Nut)
5) Trastes (Frets): assim como a Nut, os trastes são extremamente importantes para para o som e a "pegada" do instrumento e devem sofrer um nivelamento e ajuste feito por um bom Luthier. Trastes de excelente qualidade custam caro. O tamanho e a forma dos trastes variam de acordo com o tipo, as denominações mais comum são os "vintage", "jumbo" e médios. Todos têm vantagens e desvantagens, para os iniciantes é melhor comprar uma guitarra com trastes médios, já que a chance de se adaptar é bem maior. O trabalho de substituir os trastes é complicado, caro e não é fácil encontrar um Luthier que faça esses serviço com competência, a maioria dos serviços de torca de trastes que eu já vi foi muito mal feito, então é melhor comprar uma guitarra já com os trastes do seu agrado.
6) Cordas(Strings): existem jogos de cordas mais finos e mais grossos. Costuma-se dar o nome ao calibre do jogo de cordas de acordo com a corda mais fina, os jogos mais comuns são o .008, .009, .010, .011 e .012. Quase todas as guitarras saem da loja equipadas com um jogo .009. Considero esse calibre de cordas bem adequado para os iniciantes. No mundo de fantasia dos fóruns da internet sempre tem quem recomende "cordas pesadas", são fans de  Steve Ray Vaughan e outros gênios que usavam cordas muito grossas, mas os caras são "ogros", rs, para quem está aprendendo é muito mais difícil usar cordas grossas, então para que complicar ? Lembrando que quando se troca um jogo de cordas por outro de calibre diferente, quase sempre tem que mandar a guitarra para regular no Luthier.


  • Braço da Guitarra: para saber mais sobre o braço,clique aqui !


Bem, por enquanto é "só", hehe, já é informação demais, continue lendo os meus posts pois vou voltar a todos esses assuntos, abraços !

37 comentários:

  1. hmm, ainda não tirei uma dúvida que tinha: uma guitarra com 24 trastes tem 22 embutidos ou muda o posicionamento destes ? (eu sei que isso é uma pergunta bem boba...) faz muita falta se eu comprar uma guitarra com 21 ?

    ResponderExcluir
  2. Oi Juie, hehe, é isso mesmo, os 22 trastes estão "embutidos" nos 24, não muda o posicionamento. Quanto à guitarra com 21 trastes, aí depende do estilo que vc toca, se pretende tocar um estilo mais virtuoso de guitarra (shred guitar) ou algumas coisas de heavy metal que exijam solos nas regiões agudas pode fazer falta. Recomendo vc comprar uma que tenha pelo menos 22 trastes, aí é menos provável que vá sentir falta, ok ?

    ResponderExcluir
  3. ok, obrigada ! tô em dúvida entre uma tagima mg32 ou uma yamaha pacifica 012... ah, me aconselharam a strato da condor e me ofereceram uma da squier e... sei lá, queria uma strato decente para começar, é difícil ver pela internet D: de amp continuo sem saber nada, haha (ops, nem lembro mais onde eu comentei; ontem fiquei lendo o blog todo ! hahahah)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou falar ainda muito sobre amps, conheço alguma coisa do assunto, sou Engenheiro Eletrônico, rs !

      Excluir
  4. ei, a alavanca é a chave seletora, ou nada a ver ?

    ResponderExcluir
  5. Não ! A ponte é a ferragem onde as cordas ficam presas no corpo da guitarra. Algumas pontes são fixas, outras, como nas stratocasters são móveis, permitindo que as cordas sejam esticadas ou relaxadas um pouco ! Essas, têm uma "alavanca" para fazer esse relaxamento ou esticamento das cordas. Por que isso ? Por que dá um efeito muito bacana no som, veja os vídeos do Jimi Hendrix tocando ! No blog do Paulo May tem um ótimo artigo dissecando a ponte das Strats: http://guitarra99.blogspot.com.br/
    abç !

    ResponderExcluir
  6. Cara, o push pull da minha guitarra está com um leve chiado quando giro ele, enquanto esta puxado pra cima. como faço para limpa-lo? Ou isso é normal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, não é normal não... Vc pode tentar limpar usando alcool isopropílico ou um spray próprio, mas é muito comum o ruído voltar após uns dias... O melhor mesmo seria trocá-lo, abç !

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta!
      Mas enquanto eu não puder trocar, posso continuar a usalo normalmente, já que é um ruído que mal chega a incomodar? É um guitarra nova, yamaha pacifica 611hfm. Acho que está assim por falta de uso...
      O pior é que não tem luthier onde moro...
      A proposito, meu nome é Sebastião, só postei como anonimo por ser mais rápido.

      Excluir
    3. Bem vc mesmo pode tentar limpar, aqui tem um vídeo mostrando como faz:
      http://www.youtube.com/watch?v=ukA8Qy-M4fY

      Parabéns pela guitarra, tenho uma Yamaha Pacifica 712, gosto mais dela do que da minha Fender americana !

      Excluir
    4. Obrigado pelos esclarecimentos e parabéns pelo blog!
      Vou sempre passar por aqui!:)

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. eai men estou muito afim de apreder a tocar e comprar uma guitarra e estou em duvida se ela vale apena ou n sera q vc pode mim ajudar é esse modelo de guitarra ai do link: http://www.ricardoeletro.com.br/Produto/Guitarra-Shelter-California-CALSTD15-BBL-Azul-Escudo-Preto-Stratocaster-com-Captadores-Single-Coils/3155-3156-3170-281074

    ResponderExcluir
  9. Prezado, quero comprar uma guitarra pro meu filho. Ele é canhoto mas ainda não aprendeu a tocar. Tenho então duas perguntas:
    1) Que guitarra compro? Yamaha, Ibanez, Squier, um kit com tagima (achei os Kits barartos e interessantes. Acho tb. que o instrumento deve ser o mais leve possível. O garoto tem 12 anos. Pretendo gastar de entre 800,00 e 1200,00 se poarcelar.

    2) Compro guitarra pra canhoto? Já vi que há poucas no mercado.

    Cara,

    Te agradeço muito a colaboração. O guri merece. Só me dá alegrias. É um supergaroto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza ? Olha, nem todo canhoto é canhoto para tocar, por incrível que pareça... Vai ser nos primeiros contatos com o instrumento que isso vai se definir, mas, em todos os casos, recomendaria que vc comprasse um modelo tipo SG, que, por sua perfeita simetria é facilmente "inversível", caso ele resolva surpreender e tocar ao contrário. Existem ótimas SG como a SX SSG, que custa em torno de R$ 700. Só não sei dizer se ela tem versão "left". O modelos Strat também pode ser invertido, como fazia Jimi Hendrix, embora a simetria do corpo não seja perfeita. Já com as Les Pauls é mais complicado. Ok ? abç !

      Excluir
  10. Vi as SSG, são belíssimos instrumentos, mas acho que ele quer mais uma Strato. Não descartei. Pela qualidade do seu Blog e pelo serviço que vc. está prestando, compraria sem dividar. Fiquei até emocionado com a sua rápida resposta.
    Tem uns Kits com Tagima Memphis New MG 32 com amplificador e mais umas coisas. Na faixa de uns 700,00. O que vc. acha?
    Numa loja perto de casa me ofereceram uma Fender Squier por 1000,00. Não sei o tipo. Só entendi melhor depois que li todos os posts do seu blog. Vi sua recomendação de fender squier standard.
    Tb. gostei da ideia da SX SST 62. O preço é ótimo.
    Cara, vc. é 10. Muito obrigado mesmo
    gde abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado ! Olha a MG32 é uma guitarra adequada para iniciantes, o problema com esses kits é que o amplificador costuma ser muito ruim, se seu filho quer uma strat, eu recomendaria vc comprar separado, sugiro essa guitarra + o amp, é um bom amp de estudo, bem melhor que o do kit:

      http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-517782257-guitarra-shelter-sx-sst57-lh-canhoto-capa-alavanca-chave-_JM
      http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-511511985-amplificador-stagg-20w-ga-dr-usa-confira-_JM

      Excluir
  11. Amigão, prometo que é a última. Tem uma loja próxima a minha casa e hoje vi e segurei uma Ibanez Gio ( 720,00 à vista) levinha, uma fender squier affinity (1000,00) e uma belíssima SG vinho,da Epiphone (900,00, pela qual fiquei apaixonado, mais leve que as outras , O que vc. acha?
    Gde abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, não recomendo nem a gio nem a squier affinity (é um roubo essa guitarra por 1000, mais que 2x o preço dela nova !), quanto a Epi levíssima, estou desconfiado que pode ser uma Epi Special, guitarra péssima, Epi SG boa são acima de 1800 !

      Excluir
  12. To afim de comprar uma les paul mais n entendo mto de guitarra e estou querendo aprender , posso gastar em torno de 700 à 800 R$ sera q vc tem alguma sugestao ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma olhada nos modelos Michael GM 750, Talgima TLP Street e nas novas da Go9lden que vêm com captadoes wilkinson.

      Excluir
  13. Po cara adorei os modelos que vc me indicou , vou dar uma pesquisada aqui na minha cidade , mais sera se vc poderia me tirar outra duvida : bom , eu vi em outros blogs e no review do cifra club , que essa michael gm750 as tarraxas dela n seguram bem a afinação , isso eh verdade ????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe nada de errado com as tarraxas dessa guitarra, a não ser o fato de que o dono não sabe colocar as cordas direito, coloque as cordas do modo correto e as tarraxas vão segurar a afinação muito bem !

      Excluir
  14. Mto obrigado msm pelas dicas , me ajudaram mto , parabens pelo blog e continue esse trabalho maravilhoso cara !!!!! :D

    ResponderExcluir
  15. o que voçe tem a me dizer da menphis mlp-100 e uma boa guitarra obrigado pela atençao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma guitarra adequada para quem está começando, tem o braço parafusado, o que não é muito legal em um modelo Les Paul. Nesssa faixa de preços prefiro os modelos Les Paul da Michael (GM 750), as da Golden mais recentes (as que vêm com captadores wilkinson) e até as da SX. Têm um custo/benefício melhor.

      Excluir
  16. Qual a mellhor guitarra pra tocar em igreja?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, acho que qualquer instrumento de boa qualidade seria adequado, não existe uma guitarra específica para isso, a escolha depende do poder aquisitivo de cada um, recomendo apenas que não seja essa aqui:

      http://tinyurl.com/ms8s9d6

      Excluir
  17. Olá, amei o Blog e estou acompanhando ele...
    Vou comprar minha guitarra elétrica no próximo mês, Dezembro 2014, vou me auto - presentear de natal. Quero a Guitarra de no máximo R$ 500,00, pode me ajudar?! Não conheço ninguém que conhece a respeito e também tenho muito medo de donos de lojas tirarem proveito da inocência no assunto.
    Quero tocar um estilo Heavy Metal, Hard Rock, com solos bem definidos, como por exemplo, Synyster Gates, guitarrista Solo da banda Norte Americana Avenged Sevenfold. Que no caso, é minha paixão.
    Então como disse, pode me ajudar?? Espero muito sua resposta e parabéns pelo blog, ótimos assuntos e bem esclarecedores!

    ResponderExcluir
  18. Beleza ? Lembre-se que vc precisa de outras coisas, além da guitarra, sugiro vc dar uma olhada nesse post aqui:

    http://inicianteguitarra.blogspot.com.br/2012/09/o-que-eu-preciso-para-comecar.html

    Quanto à guitarra, parece que vc gosta de um estilo um pouco mais pesado de Rock, nesse caso e dentro dessa faixa de preço que vc colocou é complicado para esse tipo de guitarra, o ideal seria a signature do Synister mas é caríssima, as cópias chinesas dela não prestam, o problema é que o dólar subiu muito nesses últimos meses (obrigado, Dilma e seus eleitores...) , então, nessa faixa , eu recomendaria uma dessas guitarras aqui, ainda que minha sugestão fosse vc juntar um pouco mais de dinheiro e investir em um instrumento melhor como ponte de boa qualidade e bons captadores:

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-592172372-ritmus-golden-gsd180c-guitarra-modelo-sg-vinho-transucido-_JM

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-599160235-guitarra-cort-x1-top-varias-cores-loja-p-r-o-m-o-c-o-_JM

    ResponderExcluir
  19. Olá,eu quero comprar uma guitarra que é de basswood,eu queria saber se essa madeira é compensado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o texto acima, basswood não é compensado.

      Excluir
  20. Boa noite, comprei minha guitarra e ela está trastejando nas primeiras casas da mizona, mas sou iniciante e não sei regular. Gostaria de saber se a loja tem que mandar o instrumento regulado, ou se eu tenho que correr atras de um Luthier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A loja não é obrigada a te entregar a guitarra regulada, a não ser que isso tenha sido combinado antes, infelizmente vc não vai conseguir regular essa guitarra sozinho, nesse caso só um luthier ou algum guitarrista já muito experiente vai conseguir resolver esse problema.

      Excluir
  21. Não sei tocar nenhum instrumento quero comprar uma Stratocaster para começar, posso gastar até 1500 reais.Qual você me indica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma olhada nessa lista aqui: http://inicianteguitarra.blogspot.com.br/2013/02/10-guitarras-com-otimo-custobeneficio.html

      Excluir